Bolsa Família bloqueado para averiguação cadastral 2020

Ter o benefício do Bolsa Família bloqueado é indício de que algo está errado e o bloqueio para averiguação cadastral 2020 é um dos motivos mais comuns. Se isso ocorrer com o seu benefício tome cuidado, pois você poderá perdê-lo.

Ninguém deseja ter problemas no recebimento, mas eventualmente eles podem ocorrer e o importante é saber o que fazer em todas essas situações. Por isso esse artigo visa dar uma luz para quem deseja buscar informações.

bolsa família bloqueado para averiguação cadastral

O que é a averiguação cadastral 2020

averiguação cadastral

É um procedimento comum no programa, onde são cruzados os dados informados no Cadastro Único com outros cadastros oficiais do governo e com dados bancários.

Caso sejam encontradas divergências, liga-se o alerta para com relação ao programa Bolsa Família e isso pode gerar muitos problemas para aqueles que recebem.

As divergências mais comuns dizem respeito à renda declarada, à composição familiar e ao endereço de moradia. Por isso deve-se tomar cuidado ao prestar as informações na hora de fazer o Bolsa Família.

Veja também: Consultar NIS

O que fazer se o Bolsa Família for bloqueado

o que fazer averiguação cadastral bloqueado

Caso o benefício de alguma família seja bloqueado, o procedimento mais correto é procurar a gestão municipal para saber o que fazer para tentar o desbloqueio do benefício.

Comumente existem duas alternativas: visita da equipe do Bolsa Família acompanhada de uma assistente social ou atualização cadastral com as informações corretas.

Mas pode ser diferente no seu município. Por isso o ideal é que o beneficiário procure o atendente na sua cidade para que, assim, possa identificar como proceder para receber novamente o benefício.

Onde obter informações

As informações podem ser obtidas com a gestão municipal ou através do telefone do Bolsa Família.

O número ideal para tirar suas dúvidas é o 0800 707 2003, porém o telefone da Caixa também pode ser usado: 0800 726 0207.

Portanto cabe ao beneficiário correr atrás para saber por qual motivo está tendo problemas e tentar reaver o benefício.

Fazer um comentário sobre o artigo:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *