ID Jovem 2.0: como fazer o cadastro para a ID Jovem

A ID Jovem 2.0 é um mecanismo que permite aos jovens de baixa renda terem acesso a serviços que são dificultados pela condição financeira na qual eles vivem. Por isso essa pode ser uma ferramenta interessante para a inclusão social dessas pessoas.

Então cabe a cada cidadão buscar entender mais sobre a Identidade Jovem 2.0 para que consiga orientar as pessoas de baixa renda a usufruírem desse benefício concedido pelo Governo Federal.

id jovem 2.0

O que é ID Jovem 2.0

É a segunda versão do documento que visa dar acesso a cultura e lazer aos jovens de baixa renda, mesmo que esses não sejam mais estudantes.

Essa é uma iniciativa do Governo Federal que presa por igualar todos os cidadãos por meio da gratuidade e da meia-entrada.

Sendo assim, trata-se de uma importante ferramenta de inclusão social, sendo vinculada ao Portal da Juventude do Governo Federal(anteriormente era de responsabilidade da Caixa Econômica Federal) e ao Cadastro Único.

Quem tem direito

Pode fazer a ID Jovem 2.0 aqueles jovens que possuírem:

  • Idade de 15 a 29 anos;
  • Renda familiar total de, no máximo, dois salários mínimos.

Além disso, para a emissão do documento, é preciso que a família seja inscrita no Cadastro Único, que esteja com o mesmo atualizado e que tenha em mãos o seu número do NIS.

Como fazer o cadastro da ID Jovem 2.0?

id jovem cadastro

Devemos dividir o processo em dois passos, pois eles são processos distintos para a emissão da ID Jovem 2.0.

Confira o passo a passo a seguir:

  1. Fazer a inclusão no Cadastro Único

    A inclusão da família no Cadastro Único é feita pela Secretaria Municipal de Assistência Social de onde a família mora, sendo o mesmo cadastro usado para a seleção dos beneficiários do Bolsa Família. Normalmente o atendimento é feito no CRAS, mas isso pode ser diferente no seu município. Para fazer o cadastro é necessário a presença de um responsável familiar com idade de 16 anos ou mais e que possua CPF ou Título de Eleitor. Além disso, é preciso saber dados sobre a família como escolaridade de todos os moradores, renda obtida e gastos familiares. É obrigatório levar a documentação de todos que morarem na casa.

  2. Emitir o documento no Portal da Juventude

    Com a inclusão da família no Cadastro Único, será gerado o Número do NIS que é usado para a emissão do documento. Com ele em mãos, basta acessar o Portal da Juventude e emitir o documento inserindo seus dados(Número do NIS, Nome Completo, Data de Nascimento e Nome Completo da Mãe).

Caso tenha alguma dúvida com os passos acima, deverá procurar o CRAS na sua cidade para que possa entender melhor como obter a ID Jovem 2.0 e poder usufruir de todos os benefícios. Outra forma de se fazer isso é utilizando a página “Fale conosco” do próprio site emissor.

Benefícios da ID Jovem 2.0

  • Meia-entrada em eventos artísticos, culturais e esportivos(cinemas, teatros, estádios, shows, apresentações, etc.)
  • Duas vagas com gratuidade ou desconto de, no mínimo, 50% em duas passagens para viagens interestaduais em cada veículo, comboio ferroviário ou embarcação do serviço convencional.

Observação: a ID Jovem 2.0 só é válida para o transporte convencional e não abrange o transporte aéreo, ou seja, não é possível obter passagem de avião com o documento.

Fazer um comentário sobre o artigo:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *